Prata, alhos e crucifixos: uma receita a não esquecer

Olá pequenada! As saudades de mim já eram muitas, não? Já podem deitar cá para fora toda essa ansiedade contida agora que estou aqui novamente para traduzir aos vossos dias longos e frios.

Eu tenho andado calado mas continuo atento e vigilante do que se vai passando por aí. Uma coisa que me tem chamado a atenção entre anúncios do Pingo Doce e o Carlos Queiroz a cantar Black Eyed Peas é a cantidado de malta com caninos anormalmente longos que tem andado por aí e isso não pode ser bom.

Como se diz na minha terra, um Drácula é pouco, dois é bom, três é manifestamente demais.

Caso isto esteja a ser lento por alguém muito lerdinho ou que acabou de ir comprar um polvo fresquinho aquele supermercado onde o Sr. António Melo de Sousa e Silva costuma fazer compras, estou a falar obviamente da praga dos Vampiros com Açúcar.

O que começou por ser uma coisa aparentemente inofensiva acabou por gerar um gerar um monstro muito perigoso, algures entre um Yeti com uma congestão e a Odete Santos depois de acordar após uma noite sempre a curtir.

Tudo começou quando uma inocente senhora resolveu tirar o Drácula do caixão e pô-lo no secundário a passear de Volvo e dar umas voltas com umas miúdas lá da zona. Até aqui tudo bem, e o Blade nem me pareceu muito chateado que o moço pudesse andar por aí alegremente a passear de dia. Só que, o que no início até podia ter alguma piada rapidamente ficou fora de controlo e começou a haver vampiros por todo o lado.

Pelos vistos, para além de imortais e de terem uns hábitos alimentares à base de carnes vermelhas, o pessoal dos caninos compridos também se reproduz a uma velocidade assustadora e foi um pequeno passo até haver vampiros nos Morangos com Açúcar. Podia ser só uma brincadeira de mau gosto passageira mas não, alguém achou que era giro fazer uma história em volta disso e vai daí nasceram estes Vampiros com Açúcar a que a TVI resolveu chamar Destino Imortal e a SIC chamou Lua Vermelha.

Basicamente, estas produções de qualidade contam a história de colégios que encobrem os vampiros que lá estudam secretamente. Vampiros em colégios de Cascais é, como toda a gente sabe, um dos mais graves problemas do nosso sistema escolar, logo a seguir aos gangs nas escolas da Amadora e às seitas de Lobisomens que se escondem as E.B. 2/3 de Arruda dos Vinhos.

Espero sinceramente que um camião carregadinho de alhos se despiste contra o muro dessa escola e entorne toda a sua carga enquanto o Sr. Blade da Silva sai da reforma e venha passar uns dias por esses lados.

Está o recado dado, ide em paz e que nunca vos cresça os caninos.

Comentários

Criss disse…
LOL

e nenhum chega perto do crepusculo xD é triste! e ja chateia!
Anónimo disse…
Excellent post. I want to thank you for this informative read, I really appreciate sharing this great post. Keep up your work You are also welcome in my blog it very intresting and informative and
collection of great articles and essays thank you

Mensagens populares