Novamente certos e determinados anúncios

Já não é a primeira vez que aqui abordo a problemática da publicidade a detergentes e afins mas esta é uma questão que continua sempre actual e nunca é demais ser lembrada. Aliás, não é preciso esforçar-me muito para encontrar novos dados sobre este tema, os próprios senhores que tratam destes anúncios parecem empenhados em facilitar-me a tarefa. E eu agradeço, obviamente.

Dentro desta categoria de gente bem intencionada que me ajuda neste trabalho tenho que deixar aqui um sentido louvor aos senhores que tratam dos anúncios do Vanish Oxy Action. Estes senhores não se cansam de nos brindar com a mediocridade dos seus anúncios para que gente como eu tenha com que se entreter e é sempre de louvar quando algum investe quantias consideráveis (ainda para mais nesta época de crise) em publicidade cuja única finalidade (eu esforço-me mas não consigo ver mesmo outra) é entreter gajos desocupados como eu.

Elogios à parte, voltemos à problemática central: o mundo encantado dos anúncios de detergentes da roupa. Neste mundo, quando uma pessoa se suja, é uma tragédia de proporções comparáveis às recentes tragédias de Pireu ou de Munique ou pior ainda.

O drama, o horror e a tragédia apoderam-se daqueles que entornam uma chávena de café ou o Nesquik do pequeno-almoço na sua camisola favorita e o Apocalypse parece mais próximo do que nunca. Só que quando tudo parece perdido, eis que surge o salvador do dia, qual Homem-Aranha de detergente em riste pronto a combater a mais selvagem e feroz nódoa de gelado ou ketchup.

Em tempos, esse salvador era encarnado pelo Homem-Persil: um fulano que aparecia no meio do estendal e convidava as senhores donas-de-casa (na ausência do marido) para irem com ele ao "interior das fibras" analisarem as nódoas.

A crise apareceu e viajar até ao interior das fibras das roupas não é para todos e acabaram-se essas viagens. Contudo, continua a haver nódoas e continua a ser preciso alguém douturado no assunto para ajudar as famílias desesperadas que não sabem lidar com elas. Eis então que os senhores da Vanish Oxy Action (cá estão eles) nos mandaram para nos salvadores a Menina de Cor-de-Rosa.

Basicamente, esta heroína (nada a ver com droga) dos tempos modernos é uma jovem vestida com uma t-shirt cor-de-rosa-Vanish que aparece vinda do nada trazendo a salvação na forma da embalagem mágica de Oxy Action às donas de casa desesperadas por uma nódoa de café. Importa realçar que elas aparecem imediatamente após o surgimento da nódoa respondendo ao chamamento "oh não! o que é que eu faço agora?".

Isto é estúpido e eu a bem da ciência tratei de testar a veracidade do anúncio. Aproveitando as festividades Pascais, entornei parte do conteúdo de um copo de 7Up nas minhas calças. Cientificamente terão sido produzidas umas caralhadas em seguida e um chamamento que deveria trazer qualquer super-herói das nódoas à minha presença. Mas o que é certo é que a gaja de cor-de-rosa não apareceu. E era estúpido se aparecesse porque eu acho um abuso entrar assim pela casa das pessoas sem pedir licença. Ainda por cima eu tinha o portão fechado.

Aliás, eu acho que essa é a principal falácia dos anúncios parvos a detergentes: as gentes dos detergentes nem sequer pedem licença para entrar pela casa das pessoas dentro. No caso da velhinha da Neoblanc é diferente porque aí a senhora já está infiltrada na família. Mas a senhora do Vanish, que até pode ser muito boa pessoa, acho que abusa um bocado em entrar assim na casa das pessoas e a meter-se na conversa sem ninguém lhe perguntar nada. Só porque traz uma embalagem de detergente na mão e uma camisola de uma marca do mesmo. Se ao menos ainda batesse à campainha...

Por este andar, um destes dias arranjo uma camisola da Vanish e compro uma embalagem e lá vou eu entrando nas casas que me forem aparecendo à frente. Se aparecer agluém, digo que vinha ajudar numa nódoa... e se não houver nódoa digo que foi engano, peço muita desculpa e vou-me embora. Se não aparecer ninguém, trago um LCD ou um portátil como recordação e lá vou eu à minha vidinha...

Comentários

Criss disse…
Apocalypse?! xD

Olha, em vez de reclamares outra vez dos anúncios do género (senão perde a piada), pq não falaste de anúncios giros?! =P
Esta gente não percebe nada disto! Enfim...
Gloria disse…
por falar em eskiso, a publicidade da depuralina: um saco do lixo com pernas que se transforma em mulher! tcharan! loool
as coisas deprimentes que se vêm na tv xD
Mia disse…
Bater à campaínha.. não sei o que é que a campaínha te fez, mas não me parece que mereça este tipo de tratamento! Pobre coitada..
caditonuno disse…
eu acho é que tu devias protestar, organizar uma manif ou entao mandares uma cartinha ao ministério do trabalho, a dizer que os gajos dos detergentes nao estao a cumprir as obrigaçoes contratuais.
Criss disse…
Temos de avisar os pobres e inocentes... este gajo é um CALOTEIRO... mto cuidado c ele =P E daí.. tlvz não xD
Anónimo disse…
Excellent post. I want to thank you for this informative read, I really appreciate sharing this great post. Keep up your work You are also welcome in my blog it very intresting and informative and
collection of great articles and essays thank you

Mensagens populares